Perguntas Frequentes

• Qual é a menor capacidade possível de se processar?
200 t ou 04 reatores.

• Qual o custo do equipamento?
O equipamento é especifico para cada cliente. O levantamento do objetivo, local, matéria prima, logística, etc, são alguns dos vários fatores que determinam o custo.

• O equipamento pode gerar energia elétrica?
Sim. Existe a possibilidade de retirada de parte do alcatrão, que é combustível, para geração de energia elétrica.

• Utiliza energia elétrica?
Sim. Pequenas quantidades, para movimentação de gases.

• Utiliza água?
Sim. 10% do peso do carvão vegetal. Ex.: Um equipamento de 200 t/mês, consome 20 m3 de agua/mês.

• O equipamento pode ser relocado?
Sim. O projeto foi desenvolvido para que o equipamento seja modulado, com objetivo de relocação.

• Precisa de mão de obra especializada?
Não. A mão de obra é treinada pela equipe DPC e recebe ferramentas que facilitam a operação do equipamento.

• É  necessário cortar a madeira em toletes?
Não. A madeira pode ser utilizada com até 6,5 m de comprimento.

• É financiável?
Sim. O equipamento está cadastrado no FINAME, ou seja, qualquer instituição financeira cadastrada pode realizar a operação.

• Posso alugar um equipamento?
Sim. A parte principal do equipamento, o Gerador de Atmosfera.

• Qual a geração de tiço no processo?
Não há geração de tiço, porque o equipamento é pressurizado.